sábado, 19 de novembro de 2011

Quando o Respeito Acaba

Relacionamentos são como estradas desconhecidas.
Com curvas, buracos, paisagem e tudo mais que aparece pelo caminho. Por serem estradas desconhecidas, nunca sabemos o que vamos encontrar.
Mas para que a caminhada seja longa e proveitosa, o casal precisa andar junto e unidos a vários sentimentos.
O principal deve ser o respeito.
Por mais que se ame, quando existem mais dores que felicidades, discussões que bons momentos é porque está faltando respeito.
Por mais que se ame, é preciso ter olhos, coração e mentes abertos para ponderar sobre o caminho a seguir. Quando continuar e quando parar.
A vida se encarrega dos sinais, mas muitas vezes somos motoristas cegos e não vemos até que chega a grande batida e tudo se destrói.
Não adianta se prender a quem não sabe o que é respeito. Não adianta se prender a quem te faz sofrer.
A dor de uma separação é enorme, mas passa. O mundo se abre num buraco enorme, mas passa. O desespero, a mágoa, a tristeza corroem, mas passa.
O tempo é o único aliado destes momentos. Só o tempo trará a serenidade necessária para que as feridas se fechem. Para que a dor passe e para que encontremos novamente o caminho.
Até as lágrimas, que brotam sem pedir licença se esvaem com o tempo.
Mesmo com toda dor, não se prenda a relacionamentos que não fazem bem, que são doentios e nada saudáveis.
Simplesmente não vale apena... 
Postar um comentário