sábado, 11 de agosto de 2012

Estupro de Incapaz??? Uma história real.

Ela, 14 anos, menina bem nascida, cheia de vontades e ideias nada bonitas na mente. Aproveita um dia sozinha em casa e arma, com os amigos, uma festa regada a bebida em sua casa.
Seus pais? Não estão por perto, não poderão fazer nada sobre suas escolhas...
A festa está cheia, muitos rapazes interessantes, meninas menores de idade, bebida e drogas.
Ela, já bêbada, convida seu ficante da noite para o quarto, como havia confidenciado á suas amigas, ela queria muito ter a experiência de transar com dois rapazes. Então, mais um rapaz entra na "festa".
A idade dos dois? 21 anos.
Ela quis fazer isso.
Eles vacilaram feio ao transar com uma menina de 14 anos, bêbada em sua própria casa... 
Então, aconteceu o inacreditável.
O pai dela, indignado com o que aconteceu em sua AUSÊNCIA, vai à delegacia e denuncia os rapazes. Eles são presos e aguardam julgamento. 
São acusados de estupro de incapaz. Pela menina ser menor e estar bêbada.
Não concordo com  a palavra estupro para este caso, já que ela QUERIA. 
Estupro subentende-se que seja um ato sexual não consensual, certo? E ela QUERIA.
Não me cabe discutir a Lei brasileira. Mas posso dar minha opinião.
Estes meninos estão presos desde abril. O caso foi divulgado na mídia, com todos os dedos em riste, voltados contra estes rapazes. Mas e esta menina? E seus pais? São vítimas?
Em meu entendimento, este mesmo pai que denunciou os meninos também deveria ser acusado de "abandono de incapaz", já que deixou sua filha sozinha em casa e ela armou uma enorme festa para conseguir o que queria.
Esta menina confessou à uma amiga que queria fazer aquilo, mas por medo de seu pai, ela pode não confessar isso em frente ao juiz.
Será que estas pessoas pensam um segundo no fato que estes meninos, filhos de boas famílias, estudantes, trabalhadores e jovens, podem perder 15 anos de suas vidas por causa de uma vacilada frente ao desejo de uma menina mimada?
Então, até onde vai a real culpa destes meninos?
Conversando sobre este caso com minha irmã, ela disse: o Brasil é um país hipócrita! Se a Lei fosse levada ao pé da letra, muitas pessoas dos estados nordestinos seriam presos, já que, começam sua vida sexual muito cedo... Fato!

*Esta história é real, aconteceu este ano e o julgamento destes meninos será em outubro. 
Postar um comentário