quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Por Toda Vida


Por Toda Vida

Era um belo romance.
Daqueles de contos de fadas.
A única diferença é que o príncipe não era sapo,
Muito menos príncipe,
Ele era você.
E a princesa não dormiu eternamente,
Ela era eu.
Nós dois vivíamos bem,
Nos amando a cada dia.
Você era minha vida, meu ser.
Seu cheiro entrava pelos meus poros,
E eu ficava extasiada de amor e desejo.
Um desejo incontrolável,
Parecia uma droga que me entorpecia.
Até o dia em que você se foi,
Viajou para não mais voltar,
Você me deixou...
Nosso amor foi interrompido por essa viagem,
Por essa ida sem volta.
Sinto sua falta.
Ainda guardo na memória nosso conto de fadas,
Nossas noites de amor.
Mas quero que saiba
Que mesmo você estando longe
Sempre lembrarei que amei e fui amada.
E hoje, enquanto espero o dia
De viajar e te encontrar.
Nessa casa, enclausurada.
Ainda direi teu nome,
Nesta hora derradeira...
E quando te encontrar
Pegarei nas suas mãos
E direi olhando nos seus olhos
Que eu te amo
E que nem a eternidade
Foi capaz de nos separar.

By Beta

É proibida a reprodução parcial ou total sem prévia autorização da autora.
Postar um comentário